Tão importante quanto o isolamento, são as precauções para não permitir que o vírus seja transmitido a outras pessoas que residam no mesmo local

Após a chegada de diversas variantes do vírus da Covid-19 no Brasil, os índices de contaminação pela doença voltaram a subir consideravelmente em todo país. Um grande número de pessoas testou positivo para o coronavírus na região metropolitana nas últimas semanas e, por isso, o Hospital Regional Darcy Vargas (HRDV) traz algumas informações importantes acerca de cuidados necessários ao ter um familiar positivo em casa.

No mês de janeiro, o Ministério da Saúde estabeleceu um novo prazo de isolamento domiciliar, que agora deve ser feito dentro de sete dias, desde que não se apresente sintomas respiratórios e febre, há pelo menos 24 horas e sem o uso de antitérmicos. Ainda segundo a nova determinação, aqueles que no 7º dia ainda apresentem sintomas, é obrigatória a realização da testagem.

E, tão importante quanto o isolamento domiciliar, são os cuidados necessários para não permitir que o vírus seja transmitido para as outras pessoas que residam no mesmo local. A seguir, listamos alguns pontos fundamentais, a fim de, auxiliar durante o convívio com pessoas infectadas:

  • Permaneça em um cômodo mais isolado e que tenha boa ventilação;
  • Uma única pessoa no domicílio deve atuar como cuidadora, de preferência alguém que esteja em boas condições de saúde e não tenha riscos;
  • Todos na casa devem lavar as mãos com água e sabão várias vezes ao dia;
  • Pratos, talheres, copos, bandejas e outros utensílios domésticos não podem ser compartilhados e devem ser lavados separadamente;
  • Limpar e desinfetar áreas comuns e objetos e superfícies tocadas com frequência;
  • O cuidador e demais familiares devem evitar tocar olhos, nariz e boca com as mãos, principalmente durante esse período;
  • O paciente infectado deve utilizar máscara cirúrgica o tempo todo.

 

Cuide de você e de quem você ama!