Conversa contou com a presença de integrantes de órgãos oficiais do município e associados da unidade

Uma semana após a comissão interventora assumir a administração do Hospital Regional Darcy Vargas (HRDV), foi marcada uma reunião entre os membros da comissão, sócios da unidade, vereadores de Rio Bonito e integrantes do Conselho Municipal de Saúde (CMS) para debater assuntos referentes ao processo de intervenção pelo qual passou o hospital.

Também esteve presente durante a conversa, Marcos Argolo, que abriu a reunião, representando a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Bonito. O representante da pasta aproveitou sua fala para frisar que a intervenção se deu por meio da recomendação 09/2021 do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), e que coube ao governo municipal atender o pedido e auxiliar no processo.

Alguns membros da comissão, que estavam presentes no encontro utilizaram do espaço para esclarecer quaisquer dúvidas que fossem pertinentes aos convidados. O interventor nomeado, Juberto Folena, explicou sobre os motivos da interdição na unidade, falou sobre a situação que foi encontrada no hospital e garantiu que não existe vínculo com nenhuma prefeitura, e que ele e sua equipe foi exclusivamente recomendada pelo MPRJ.

Juberto Folena afirmou ainda que, o foco principal da comissão interventora é garantir transparência, das ações e implantar uma gestão baseada na eficiência administrativa. O coordenador da comissão finalizou falando sobre as adequações que já estão sendo feitas na unidade para que tudo esteja em conformidade com os órgãos de vigilância.

Em seguida, Edson Sorrilha, responsável pela gestão de RH da comissão, destacou a importância de enxugar a folha de pagamento, um dos grandes problemas deixados pela antiga gestão. Entre os demais temas debatidos durante a reunião, foram abordados assuntos, como: contratos com a Prefeitura de Rio Bonito, melhorias de infraestrutura, funcionamento do Setor Covid.

Esse primeira reunião foi importantíssima para abordar não só esses, mas diversos outros pontos de extrema relevância para perfeito andamento do processo de intervenção, que já conta com o apoio dos principais órgãos reguladores da cidade. Confira abaixo documentos importantes referentes à intervenção e à primeira reunião: