Nota sobre a demissão de funcionários

Recebemos a informação de que algumas páginas no Facebook, injustamente, fizeram ataques a atual diretoria do HRDV, bem como ao Presidente desta associação, Sr. José de Aguiar Borges, em virtude das demissões de funcionários que ocorreram na semana passada.

Cumpre esclarecer que os apontamentos feitos nas redes sociais não condizem com a realidade, sendo certo que as demissões realizadas não foram motivadas por ato arbitrário e discricionário do Presidente, mas sim por imposição de ordem judicial, eis que a gestão diretiva antecedente propôs perante a Justiça Federal medidas administrativas a fim de viabilizar empréstimo bancário, ainda em meados de agosto de 2015, comprometendo-se naquela oportunidade a reduzir despesas.

Dentre as medidas elencadas e convertidas em compromisso judicial está a previsão de demissão de 23 (vinte e três) funcionários. Frisa-se que estes funcionários deveriam ter sido demitidos ainda no ano de 2015, servindo o empréstimo, inclusive, para pagamento dos encargos trabalhistas rescisórios.

Considerando a imperiosa necessidade de prestar esclarecimentos perante o Poder Judiciário com relação ao cumprimento das medidas prometidas, a presente gestão diretiva teve que empenhar esforços para enxugar as despesas e concretizar as demissões outrora indicadas.

Logo, embora impopulares, as demissões feitas foram necessárias para cumprir o compromisso firmado e, além desta medida, outras tantas estão sendo realizadas para diminuir as despesas e aumentar a receita da instituição.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *